quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017


O que você vê no horizonte? Eu vejo muitas incertezas.
Nunca fui muito certa.
Às vezes queria, às vezes não.
Nunca tinha certeza do que queria.
Mas sabia exatamente o que não.
O tempo passou e isso mudou um pouco.
Talvez tenha amolecido.
Talvez tenha me tornado mansa de mais.
Talvez tenha me tornado moldada de mais.
Talvez tenha me tornado esposa de mais.
Só se que me tornei assim.
Uma hora quero, outra hora não.
Às vezes quero sumir!
E que tudo se exploda e se vire sozinho!
Mas ainda estou aqui.
O porquê? Às vezes tenho certeza.... às vezes não.